Dicas de softwares gratuitos para a área de arquitetura

Já se foi a muito o tempo em que um arquiteto precisava apenas de uma prancheta e algumas canetas para realizar seus projetos. Se por um lado o uso de softwares agilizou muito o processo, por outro, trouxe complicações legais (e financeiras) em relação a aquisição das licenças. Porém, é possível amenizar um pouco (ou totalmente) os gastos, com a utilização de aplicações gratuitas (ou baratas) que podem substituir em melhor ou pior grau a maioria das aplicações comerciais.

Neste artigo fornecerei uma lista de aplicativos gratuitos que suprem as necessidades nas seguintes áreas:

  • Suíte office
  • Desenho vetorial
  • Desenho bitmap
  • Modelagem 3D
  • CAD
  • Edição de Vídeo
  • Edição de áudio

Agora vamos a uma descrição um pouco mais detalhada de cada área, assim como dos programas indicados.

PS: A maioria dos programas listados abaixo, funciona em diversos sistemas operacionais (Linux, Mac OS, Windows) esteja atento para escolher aquele referente ao sistema que você está usando (que no caso da maioria das pessoas que acessam este site, deve ser Microsoft Windows, ou simplesmente Windows).

Suíte office

Trato por suíte office o conjunto de aplicativos de escritório, que abrange editor de texto, planilha de cálculo e criador de apresentações em slides. E como todos sabem, a mais usado é o “Microsoft Office”, considerados por muitos, como uma das melhores opções.

No entanto, temos também outras boas opções gratuitas como o OpenOffice e o LibreOffice.

O OpenOffice é uma suíte bastante completa, apresentando aplicativos para edição de texto, planilhas de cálculo, apresentações de slides, banco de dados, e criação de diagramas. Enfim, uma das mais completas suítes gratuitas existentes.

O LibreOffice é um Fork (derivação) do OpenOffice. Apresenta recursos mais atuais que seu programa de origem.

OpenOffice e LibreOffice

Sistema operacional: Windows, macOS, Linux

Site oficial LibreOffice:

http://www.libreoffice.org/

Site oficial OpenOffice:

http://www.openoffice.org/

Wikipédia:

https://pt.wikipedia.org/wiki/LibreOffice

http://pt.wikipedia.org/wiki/OpenOffice.org

Desenho vetorial

Entre os programas para desenho vetorial mais conhecidos temos o Corel Drawl.

Para substitui-lo eu recomendo o Inkscape. É um programa mais simples que o Corel, mas nem por isso deixa a desejar. Basicamente ele possui os principais e mais usados recursos de seu concorrente comercial.

Inkscape

Sistema operacional: Windows, macOS, Linux

Site oficial:

http://www.inkscape.org/

Wikipédia:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Inkscape

Desenho bitmap

Para exemplificar um programa dessa área, basta citar o famoso Photoshop.

O GIMP é um programa quase tão sofisticado quanto o Photoshop, tem apenas alguns pontos onde poderia melhorar (como a polêmica interface). Apresenta quase as mesmas funções, com uma ressalva apenas em relação a ausência de suporte a CMYK (para quem trabalha com impressão isso pode ser um problema), no mais, é um software bem completo.

GIMP

Sistema operacional: Windows, macOS, Linux

Site oficial:

http://www.gimp.org/

Wikipédia:

http://pt.wikipedia.org/wiki/GIMP

Download:

https://www.gimp.org/downloads/

 

Modelagem 3D

Assim como os programas CAD, esta é de longe uma das áreas mais importantes para quem trabalha com arquitetura. Porém, ao contrário do CAD, aqui temos uma inúmera quantidade de softwares gratuitos e de boa qualidade para escolher. Como não pretendo fazer um texto muito grande, escolherei apenas dois.

O Primeiro deles é o Blender 3D, software no “estilo” 3d MAX, porém gratuito. Assim com este último, é um software mais indicado para modelagem de personagens e outros objetos mais orgânicas. Porém, pode ser também usado para criação de maquetes arquitetônicas, e outras necessidades da área, como modelagem de móveis. Além de permitir uma modelagem mais complexa, ele também conta com um sistema de renderização realista, como o 3d MAX.

O Sketchup dispensa apresentações, é talvez o software para modelagem arquitetônica mais usado atualmente nos escritórios de arquitetura. Não por acaso, uma vez que é um dos mais simples e práticos. Sua única desvantagem é não ter um sistema de renderização realista como o 3d Max ou mesmo do Blender. Mas isto não chega a ser um grave problema para quem trabalha apenas com elaborações de projetos, na verdade acaba sendo, em alguns casos, uma vantagem, pois, propicia uma certa agilidade na implementação de modificações na maquete. Além disso, existem programas externos que fazem a renderizações dos modelos gerados no sketchup, o que resolve em grande parte este “problema”.

Como puderam ver pela descrição de cada um, não resta muita dúvida de que o sketchup é o mais indicado para quem trabalha na área de arquitetura, mas para quem almeja um certo realismo e pretende fazer modelagens mais complexas, a melhor opção seria o Blender 3D.

Blender 3D

Sistema operacional: Windows, macOS, Linux

Site oficial:

http://www.blender.org/

Wikipédia:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Blender

SketchUp

Sistema operacional: Windows, macOS

Site oficial:

http://www.sketchup.com/

Wikipédia:

http://pt.wikipedia.org/wiki/SketchUp

CAD

Esta é de longe a categoria mais complicada de resolver. Programas como AutoCAD e Revit (só para citar dois exemplos distintos de programas para esta área) são raros de se encontrar em versões gratuitas.

Minha indicação aqui é um programa com foco apenas na produção de desenhos em 2D (embora ele tenha a capacidade de abrir arquivos dwg em três dimensões também, ele não possui ferramentas para manipulá-los ou criá-los). Não tem a mesma agilidade do AutoCAD, mas possui os mesmos comandos e cumpre razoavelmente bem com o que se propõe a fazer. Lê e salva arquivos no formato DWG.

Draftsight

Sistema operacional: Windows, macOS (beta), Linux (beta)

Site oficial:

http://www.3ds.com/products-services/draftsight/overview/

Wikipédia:

http://en.wikipedia.org/wiki/DraftSight

Edição de Vídeo

Para quem pretende fazer uma apresentação mais interessante de seus trabalhos, a produção de um vídeo pode ser uma boa ideia. Para isto se faz necessário um editor que lhe permitirá “montar” o filme e acrescentar uma eventual trilha sonora.

Em construção…

Edição de áudio

Apesar de não ter muita relação com a área em questão, ter um programa de edição de áudio poder ser muito útil para a preparação de uma trilha sonora para um vídeo de algum projeto ou apresentação. Aqui vou indicar um programa bem simples, pratico e fácil de usar, além é claro de ser gratuito.

Audacity

Sistema operacional: Windows, macOS, Linux

Site oficial:

http://audacityteam.org/

Wikipédia:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Audacity

Conclusão

Como puderam ver, existem várias opções gratuitas para a maioria dos programas que usamos na área de arquitetura e afins. Basta fazer alguns testes e ver quais suprem melhor suas necessidades.

Talvez nem tudo possa ser substituído, mas na maioria das outras áreas há boas opções para a redução dos custos com licenças. Claro que toda migração exigem um certo investimento e treinamento que também deve ser considerado. Algo assim nunca deve ser feito as cegas, mas sim com bastante planejamento.

Para quem quiser conhecer mais softwares de uso geral gratuitos para Windows, eu recomendo a seguinte página:

http://www.opensourcewindows.org/

3 comentários em “Dicas de softwares gratuitos para a área de arquitetura”

    1. Olá Alcemar Maciel,

      Na verdade sketchup e progeCad tem aplicações diferentes. O sketchup é mais focado na elaboração de maquetes e o ProgeCad em desenho técnico (elaboração de plantas, vistas, cortes, tabelas, etc).

      Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s